Vereador e Candidato Ronaldo Gomes “da saúde” ainda encontra-se preso por crime de peculato e prática de ”rachadinha”

Na tarde deste Domingo (31) houve uma concentração na rua onde reside o vereador Ronaldo Gomes da saúde, em Grussai-SJB. Vários carros e um trio elétrico, estavam se organizando, para dar início a uma carreata.

De acordo com o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), o político é suspeito de ter envolvimento em crime de peculato, contra ele, foram expedidos mandados de prisão e busca e apreensão. As ações dos agentes aconteceram na casa de Ronaldo e na Câmara de Vereadores.

Suspeita da prática de “rachadinha” com salário de uma servidora lotada em seu gabinete, o vereador tambem foi acusado oficialmente do crime de peculato, praticado 46 vezes.

 

Segundo a denúncia, o vereador desviou recursos públicos em proveito próprio, desde janeiro de 2017 até os dias atuais, por meio da remuneração que seria destinada para Neide Maria Azevedo Barreiro, nomeada como assessora legislativa em seu gabinete. A investigação comprovou que Neide não exerce qualquer função pública, mas trabalha exclusivamente como empregada doméstica na casa do próprio denunciado.

A investigação inclue como; “funcionária-fantasma” do gabinete há quase quatro anos, cuja remuneração do cargo é de R$ 3.712,19. O valor total do montante é de R$ 170.760,74 de dano provocado ao erário, desviados em proveito próprio por Ronaldo, de acordo com a denúncia.

Vale relembrar que em 2017, Ronaldo foi baleado dentro da casa onde mora em Grussaí, durante uma suposta tentativa de assalto, embora, naquela ocasião, nada tenha sido levado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *