A derrota de Frederico Barbosa Lemos e a interrupção das oligarquias no poder.

0
92
Ex-Prefeito Frederico Barbosa Lemos

Ouvir matéria

As eleições de 2022 mostraram uma tendência que vem crescendo no país, estados e municípios, que é o surgimento de novas lideranças e a perda de mandato por parte de grupos e famílias que há décadas sem mantêm no poder. Contextualizando São Francisco de Itabapoana nesse cenário, vale uma análise a respeito da derrota de Frederico Barbosa Lemos para a Assembleia Legislativa, que pode representar a interrupção da presença da família Barbosa Lemos na detenção de mandatos.

Foto: Frederico Barbosa Lemos Ex-Prefeito

Frederico é filho do ex-prefeito de São Francisco de Itabapoana, Barbosa Lemos, e marido da atual prefeita do município, Francimara Azeredo Barbosa Lemos. De 1996, quando houve a primeira eleição no município após a emancipação até hoje, sete legislaturas se passaram. Em quatro delas a família esteve presente: 1996 com Barbosa Lemos eleito prefeito; 2008 com Frederico eleito vice-prefeito e assumindo o cargo de prefeito nos últimos sete meses; 2016 e 2020 com Francimara eleita e reeleita prefeita.

Prefeita Francimara Barbosa Lemos
Barbosa Lemos Ex-Prefeito

Na ausência de um Barbosa Lemos na linha de frente do comando do município nas três legislaturas restantes, entra em cena a família Cherene, que conquistou mandatos de prefeito com Pedro Cherene em 2000 e 2004 e com o seu filho, Pedrinho Cherene, em 2016. Assim, se concretizou um dos maiores e mais longevos domínios e revezamentos entre duas famílias no poder em um município da região.

Foto: Pedrinho Cherene Ex-Prefeito

Caso assegurasse a vitória como deputado, Frederico manteria na esfera estadual a presença dos Barbosa Lemos no poder. Mesmo com a sua esposa impossibilitada de concorrer novamente à reeleição nas eleições de 2024, seriam detentores de um mandato pelo menos até 2026. Mas a derrota assegura ausência do clã em cargos eletivos no legislativo estadual e executivo do município de São Francisco já a partir de 2024.

Foto: Arquivo/Prefeitura de São Francisco de Itabapoana

Quanto à quebra da alternância entre as duas famílias, resta saber se novamente um Cherene tentará chegar ao cargo de prefeito em nas eleições municipais de 2024. O nome mais cotado, mais uma vez, é o de Pedrinho Cherene, que nas duas últimas tentativas não obteve sucesso nas urnas. São Francisco, portanto, tem a possibilidade de não repetir após 28 anos a alternância entre duas famílias. Confirmando o que vimos nesse ano de 2022 em termos de surgimento de novos nomes, isso poderá ser possível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui